Sobrenatural – a dama de marrom – o fantasma mais famoso de todos os tempos

Sobrenatural – a dama de marrom – o fantasma mais famoso de todos os tempos

Uma antiga mansão em Norfolk, na Inglaterra, chamada Raynham Hall, e cenário de uma das histórias de fantasmas mais conhecidas no mundo todo. Acreditasse que a mansão seja assombrado pela “Dama Marrom”, considerada por alguns como o espírito de Lady Dorothy Walpole, que mais tarde se tornou a Viscondessa de Townshend. Visão de fantasmas em Raynham perduram por séculos, com vários relatos escritos confiáveis ​​e o que pode ser a mais famosa fotografia de um fantasma do mundo.

Fonte da imagem: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dama_de_Castanho_de_Raynham_Hall#/media/File:Raynham_Hall.jpg


Lady Dorothy era uma aristocrata inglesa, nascida em 1686, era membro da ilustre família Walpole. Seu pai era membro do Parlamento e seu irmão, Sir Robert Walpole, tornou-se primeiro-ministro. A família é mais conhecida agora, por seu sobrinho Horace Walpole, autor do romance gótico O Castelo de Otranto. Lady Dorothy Walpole cresceu em riqueza e luxo, e diz que se apaixonou por um visconde real, Charles Townshend. Mas seu pai, que era o guardião de Townshend, proibiu o casamento para que ele não fosse visto como influenciador do jovem nobre. Então Townshend casou com Lady Elizabeth Pelham. Sua esposa morreu, no entanto, em 1711, deixando-o livre para se casar com sua amada Dorothy. Parecia que todos os seus sonhos estavam se realizando. Depois do casamento começaram uma família de bom tamanho

Fonte da imagem: https://pm1.narvii.com/6471/403ef3230a79eafa4dbc46c6ee743f52a05893f6_hq.jpg

Dorothy se tornou amante do lorde Wharton, um sem-teto dissoluto que teve que deixar o país de repente por causa de dívidas. Os rumore do caso começaram a chegar a Charles Townshend, que era conhecido por seu temperamento violento e supostamente trancou sua mulher em um dos quartos em Raynham. Ali permaneceu prisioneira, separada dos filhos. Lady Dorothy Walpole morreu em Raynham em 1726 – oficialmente de varíola, embora houvesse rumores de uma morte mais violenta.

Desde então, relatos de fatos sobrenaturais rondam a mansão dos Townshend. Vários visitantes do salão de Raynham – incluindo, o próprio príncipe regente em 1815 – relataram ficar assustados com aparição de uma senhora em um vestido marrom brocado que passeava pelos corredores à noite. Inexplicavelmente esta figura aparecia e desaparecia, e tinha uma forte semelhança com um retrato de Lady Dorothy que estava pendurada em um quarto.

Houve uma ocasião em que o Coronel Loftus, subindo para o seu quarto na companhia de um amigo, viu a “Dama Marrom” em duas noites sucessivas, e comentou sobre as órbitas oculares vazias. O romancista Frederick Marryat, relatou ter visto o fantasma em 1836. Acreditando que as aparições do fantasma eram devidas a contrabandistas em Raynham, Marryat, dormiu no quarto onde estava o retrato de Dorothy, com uma pistola carregada sob o travesseiro. Uma noite, caminhando pelo corredor escuro na companhia de dois sobrinhos da família, ele viu alguém com uma lanterna se aproximando. Quando a senhora veio pelo corredor, ele reconheceu o vestido e as características da Dama Marrom, que parou em sua porta e “sorriu maliciosamente e de maneira diabólica para ele”. O Sr. Marryat então teve um tiro com sua sempre útil pistola, e o fantasma desapareceu (mais tarde ele encontrou sua bala alojada na porta oposta).

Depois dessa onda de aparições, Raynham Hall parece ter se acalmado um pouco, mas em 1926 houve outra aparição de Lady Townshend nas escadas da mansão.

Fonte da imagem: https://pm1.narvii.com/6471/3d6756d7830e5beb363e1a5838aabeca63bb7a67_hq.jpg


A revista britânica Country Life que celebra o campo britânico – principalmente seus prazeres aristocráticos. Em 1936, o Country Life fez uma reportagem no Raynham Hall, e enviou um fotógrafo, o Capitão Hubert C. Provand, para tirar algumas fotos. Provand e seu assistente, Indre Shira, estavam fotografando a grande escadaria quando a Dama Marrom fez outra visita.

“O capitão Provand tirou uma foto enquanto eu mostrava a luz. Ele estava se concentrando para outra exposição; eu estava de pé ao lado da câmera com a lanterna na mão, olhando diretamente para a escada. De repente, eu detectei uma visão etérea. Uma forma velada descendo devagar as escadas. Chamei rapidamente: “Rápido, rápido, tem alguma coisa.” Acendi a lanterna. Depois do flash e do fechamento do obturador, o capitão Provand tirou o pano de focagem de sua cabeça e se virou para mim e disse: “Por que toda essa excitação?”

A excitação estava apenas começando. Quando Provand revelou a fotografia, uma imagem fantasmagórica podia ser vista descendo as escadas. Esta foto, que pode ser a imagem mais famosa de um fantasma no mundo, apareceu no Country Life e, um ano depois, em um artigo da revista Life sobre Raynham assombrado.

A Country Life chamou especialistas que afirmaram que a fotografia e o seu negativo não aparentavam sinais de alteração. Contudo, desde então, alguns críticos têm vindo a afirmar que Shira falsificou a imagem pintando uma figura na lente da câmara com gordura ou uma substância semelhante, ou então que tinha descido as escadas deliberadamente durante a exposição. Outros afirmam que a imagem é uma dupla exposição acidental ou uma mancha de luz que entrou na câmara de alguma forma.

A foto seria uma farsa? Possivelmente, embora fingir uma fotografia em 1936 envolvesse mais do que brincar no Photophop. A graxa poderia ter sido colocada na lente, ou talvez uma dupla exposição tenha sido feita. Mas o capitão Provand era um respeitável fotógrafo de Londres, e sua história e Shira concordavam exatamente. Outras explicações deveriam pelo menos ser consideradas. A Brown Lady foi um fenômeno ótico estranho na casa? Ou algum tipo de sobreposição de espaço-tempo? Ou a imagem era mesmo o registro do fantasma de Lady Dorothy vagando pela mansão?

Depois da sua última aparição em 1936, a Dama de Castanho nunca mais foi vista.

Fonte do artigo: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dama_de_Castanho_de_Raynham_Hall http://www.whistlingshade.com/1302/The_Brown_Lady.

Matérias Relacionadas

Comentários

estatisticas