TEA – entenda o que é esta síndrome e conheça famosos diagnosticados com autismos

TEA – entenda o que é esta síndrome e conheça famosos diagnosticados com autismos

Em maio de 2013 foi lançada a quinta edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-V), que trouxe algumas mudanças importantes, entre elas novos diagnósticos e alterações de nomes de doenças e condições que já existiam. Nesse manual, o autismo, assim como a Síndrome de Asperger, foi incorporado a um novo termo médico e englobador, chamado de Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Nesta nova definição, a Síndrome de Asperger passa a ser considerada, um tipo mais branda de autismo. Dessa forma, os pacientes são diagnosticados apenas em graus de comprometimento, deixando assim o diagnóstico mais completo.

A Wikipédia nos dá a seguinte definição de autismo: “é um transtorno neurológico caracterizado por comprometimento da interação social, comunicação verbal e não-verbal e comportamento restrito e repetitivo. Os sinais normalmente desenvolvem-se gradualmente, porém algumas crianças com autismo alcançam o marco de desenvolvimento em um tempo normal e depois regridem”. O Transtorno do Espectro Autista é definido pela presença de “Déficits persistentes na comunicação social e na interação social em múltiplos contextos, atualmente ou por história prévia”, conforme fala o DSM-V.


Marcos Mion, apresentador brasileiro pai de Romero portador da síndrome TEA.
Fonte da imagem: http://famosos.culturamix.com/blog/wp-content/gallery/autistas-famosos-1/Autistas-Famosos-2.jpeg

O dia dois de abril, é a data reconhecida pela ONU como Dia Mundial da Conscientização do Autismo. Apoiadores da causa são convidados a usar azul e uma onda de solidariedade costuma emocionar pais e amigos de autistas.

A ideia de que uma criança que é autista tem a sua vida limitada para sempre, não condiz com a realidade. Muitas pessoas que tem esse transtorno tem a sua fala e inteligência desenvolvidos sem problemas. Em grande parte dos casos as pessoas que tem esse transtorno são fechadas e distantes ou presas a regras muito rígidas. No mundo dos famosos, temos casos suspeitos e diagnosticados de TEA:

Fonte da imagem: http://famosos.culturamix.com/blog/wp-content/gallery/autistas-famosos-1/Autistas-Famosos-1.jpg

Bill Gates: Um dos principais nomes da informática e grande parte dos sistemas que utilizamos hoje são derivados do seu trabalho. Gates nasceu em 1955 em Seattle, EUA. Autista, dentre os fatores que poderiam ter complicado a sua trajetória profissional está o fato de ter um comportamento comum em autistas quando estão nervosos, costuma se balançar constantemente para frente e para trás em reuniões de negócios e até em aviões. Outro sintoma e não gostar de manter contato nos olhos. Não dá importância para sua aparência e tem pouca habilidade social, sendo mal visto no mundo corporativo.

Albert Einstein: Na verdade nunca se pode confirmar o diagnóstico. Mas relatos de comportamentos dele bem como coisas que ele mesmo dizia de si faz com que especialistas acreditem que o físico tivesse uma forma de autismo de alto funcionamento. Essa teoria popular se formou devido ao fato de que ele era muito solitário e não tinha uma ligação forte com ninguém, nem mesmo pessoas de sua família. Como Einstein faleceu há bastante tempo não existe a possibilidade de confirmar essa hipótese. Mas, como já vimos, e uma hipótese que Einstein tenha sido autista.

Daryl Hannah: A atriz teve seu autismo diagnosticado com menos de 3 anos de idade. Mesmo sendo portadora deste transtorno Daryl teve uma carreira de sucesso no cinema. Dentre os principais trabalhos da atriz norte-americana estão os filmes Splash além da franquia Kill Bill.
Isaac Newton: Também gênio das ciências exatas, o matemático viveu muito antes que se pudesse fazer diagnósticos de autismo e por isso mesmo a sua condição como tal se deve muito mais a relatos sobre sua vida e comportamentos do que qualquer outra coisa.

Fonte da imagem: http://famosos.culturamix.com/blog/wp-content/gallery/autistas-famosos-1/Autistas-Famosos-1.jpeg

Lionel Messi: A explicação para essa forma de agir do jogador de futebol e que o argentino é autista. Muitas vezes o comportamento e a maneira fria com que trata as pessoas a sua volta fazem com que o jogador argentino considerado melhor do mundo várias vezes, Lionel Messi, seja constantemente julgado. Apear dessa particularidade ser pouco divulgada como uma forma de proteger o craque. Mas apenas observando o comportamento do jogador é possível perceber que ele realmente tem a síndrome. Pessoas que tem essa síndrome buscam sempre adotar um padrão e repeti-lo sempre, como no caso das jogadas do argentino. Avesso a badalações devido a sua dificuldade em socializar, o jogador sempre se mostra incomodado, com olhar perdido em eventos e entrevistas coletivas, o que demonstra que o que ele quer mesmo é jogar futebol.

Courtney Love: A viúva do cantor Kurt Cobain, do Nirvana e polêmica vocalista do Hole, teve seu diagnóstico confirmado aos nove anos de idade. Love só revelou sua síndrome em biografia que foi publicada em 1997.

Fonte da imagem: https://www.areavip.com.br/wp-content/uploads/2019/01/marcos-mion-e-romeu.jpg

Muitos famosos se veem inseridos no mundo autista por terem filhos com a síndrome. Aqui no Brasil, temos o exemplo de Marcos Mion. A forma com que o artista tem enfrentado a doença do filho serve de exemplo e inspiração para muitos pais com o mesmo problema. Mion faz uso de sua popularidade (em especial em redes sociais) para que possa demostrar a outros pais o dia-a-dia de uma família que convive com o autista. Em vídeo recente Mion aparece com Romero (seu filho) no simples ato de fazer a barba. Uma verdadeira lição de amor.

“Ele tem alguns déficits, mas leva uma vida normal. Romeo demora mais para aprender e tem algumas coisas que são do mundo dele. Não se encaixa como autista nem como síndrome de Asperger (uma forma branda de autismo, com habilidade verbal desenvolvida). Ele se encaixa em uma variação que é a NOS, Not Otherwise Specified, que, em português seria Sem Nenhuma Especificação”, apontou Mion.

Outro astro que teve um filho autista, Sylvester Stallone, pai de Seargeoh, afirmou: “Você não pode forçá-lo para o seu mundo. Eu meio que vou com ele no que quer que ele esteja fazendo”.

Jô Soares era pai de Rafael Austregésilo Soares, o Rafinha, que faleceu aos 50 anos, em 2014. “Ele passou a vida inteira na realidade do seu próprio mundo, com corpo de adulto e coração e alma de criança”.

Fonte da do artigo: https://pt.wikipedia.org/wiki/Autismo saúde
http://www.virgula.com.br/saude/no-dia-mundial-veja-famosos-com-filhos-autistas/

Matérias Relacionadas

Comentários

estatisticas